Acomodações de curto prazo supera rede hoteleira em Salvador

1 Min Read

Durante o fim de ano na capital baiana, os turistas estão preferindo alugar moradias em curto prazo, em vez de hospedagem na rede hoteleira. A informação vem de dados da Lighthouse, plataforma online de negócios de hospitalidade. A locação para acomodações em curto tempo chegou a 54% da lotação, enquanto a ocupação em hotéis e pousadas, por exemplo, atingiu 43% em Salvador.

Entre os locais mais procurados, o Centro Histórico de Salvador, além dos bairros da Barra, Rio Vermelho, Brotas e Caminho das Árvores são os principais destinos dos turistas para encontrarem locais para aluguel em curto prazo. Além disso, 10% dos hotéis já estão disponíveis para o período do ano novo.

anotabahia levantamento do ibge estima populacao atual da bahia em quase 15 milhoes de habitantes img 3946 e1703703080108
Largo de Santana, Rio Vermelho. Foto: Carlos Santiago/MyPhantomToy.

Ricardo Souza, team leader da Lighthouse na América Latina, explica os possíveis motivos da maior adesão dos turistas na modalidade de locação de residências: “Diante desta demanda, os meios de hospedagem que se adaptam para receber as famílias, casais e amigos, por exemplo, oferecendo brindes como demonstração de cuidado nessa época de festas com feriados afetivos, tendem a conquistar mais hóspedes”.

Pelourinho
Pelourinho. Foto: Leonardo Dourado.

fonte: Anota Bahia

TAGGED: ,
Share This Article

Conteúdo protegido!