Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Antônio Barra Torres, afirma que o comitê internacional autorizou a continuidade dos estudos. Médico brasileiro de 28 anos era voluntário nos ensaios clínicos de imunizante

Depois de confirmar a morte de um médico brasileiro de 28 anos que se voluntariou para os testes da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou que os ensaios clínicos do imunizante não serão paralisados.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (21/10), o presidente da agência, Antônio Barra Torres, disse que o Comitê Internacional de Avaliação de Segurança que analisa a eficácia de todas vacinas para o novo coronavírus que estão em teste pelo mundo sugeriu que o Brasil continuasse com o estudo.

Torres disse que, no momento, a Anvisa ainda não tem informações que confirmem se o voluntário recebeu uma dose da vacina de Oxford ou de placebo. "No protocolo da vacina está prevista a confidencialidade ética em relação a tudo que envolve os voluntários participantes de testes. Os termos de confidencialidade são patenteados, então determinadas informações são imediatamente passadas e outras, não. Daí a escassez, pelo menos neste momento, de maiores detalhes", explicou o presidente da Anvisa.

Enquanto a informação não for confirmada, o Comitê Internacional de Avaliação de Segurança não vai recomendar a paralisação dos testes. "Tivemos a notificação do comitê internacional independente, que concluiu pela possibilidade do prosseguimento dos testes, diferentemente do que aconteceu no episódio anterior e que houve interrupção. De posse dessa informação, a vacina permanece em contínua análise e, no momento, os testes prosseguem", afirmou Torres, que lamentou a morte.

"A nossa palavra pessoal é de solidariedade para com a família desse brasileiro, desse volutuário que faleceu. É um momento muito difícil e muito delicado. Portanto, nos solidarizamos com a família."

Estudo paralisado

Em 8 de setembro, o estudo clínico da vacina de Oxford teve de ser interrompido em todo o mundo após uma voluntária britânica que recebeu uma dose do imunizante apresentar uma inflamação na medula espinhal, conhecida como mielite transversa.

Os testes foram retomados quase uma semana depois, em 14 de setembro, depois de um processo de revisão feito pelas autoridades à frente da elaboração da substância. Os especialistas constataram que não ficou comprovado o nexo de causalidade entre a vacina e a infecção.

Fonte: Agência Brasil

Teixeira registra 76 novos casos de Covid-19: Aumentao número de

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas informa que houve o registro de 76 novos casos positivados. Ao todo,

Bahia é o terceiro estado com maior taxa de transmissão da Covid-19

A Bahia é o terceiro estado brasileiro com a maior taxa de transmissão da Covid-19, segundo estimativa feita pelo Observatório de Síndromes

Reino Unido aprova vacina da Pfizer; vacinação pode começar na

O Reino Unido se tornou o primeiro país do mundo a autorizar a vacina contra a covid-19, dos laboratórios americano Pfizer e alemão BioNTech, a

Luto: Morre o Secretário de Saúde de Nova Viçosa em decorrência

Nova Viçosa: Faleceu na madrugada desta terça-feira (02), em decorrência de complicações da Covid-19, o então Secretário de Saúde do

Alerta: Teixeira registra 22 novos casos de Covid-19 e mais três

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas informa que houve registro de 22 novos casos positivados. Ao todo,

Pfizer e BioNTech pedem autorização para uso de vacina contra

A farmacêutica Pfizer, que desenvolveu uma das candidatas a vacina da Covid-19 em parceria com a BioNTech, apresentou um pedido de autorização

Covid-19: média dos últimos sete dias é de 521 mortes

Casos passaram de 29.758,29 para 34.762,71, no mesmo período A média móvel de mortes por covid-19 dos últimos sete dias passou de 483,57,

Teixeira registra 19 novos casos e chega a 7298 confirmações de

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas informa que houve o registro de 19 novos casos positivados. Ao todo,

Teixeira registra 69 novos casos de Covid-19: 103 mortes e 22 pessoas

Teixeira de Freitas: Nesta data, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas informa que houve registro de 69 novos casos positivados. Ao todo,

Teixeira: Familiares de Nilton São Leão de Azevedo informam com

Teixeira de Freitas: Familiares de Nilton São Leão de Azevedo, 59 anos de idade, informam com pesar o seu falecimento, ocorrido às 06h10 da

Nossos Apoiadores: