Lançada neste mês, obra é de autoria do sociólogo recifense Renato Contente

Não se assuste, pessoa! — As personas políticas de Gal Costa de Elis Regina traz as militâncias de duas das maiores cantoras do Brasil no período da ditadura militar. O livro, lançado neste fevereiro de 2021, pela editora Letra e Voz, é de autoria do sociólogo recifense Renato Contente.

O recorte da obra é inusitado, mas Gal e Elis são ambas figuras femininas, cantoras e ícones de uma época marcada pela repressão e pela supressão de direitos. A primeira era símbolo da contracultura, visual hippie e voz gritada. Gal Costa se tornou a porta-voz dos anseios políticos e sociais da geração tropicalista. O papel de mensageira se intensificou durante o exílio de Caetano Veloso e Gilberto Gil, em 1969.

A carreira de Gal também foi marcada pelo veto da censura à capa do disco Índia (1973). A máquina de censura havia identificado o uso do corpo como instrumento político na imagem que estampava a frente do LP. O episódio simboliza o fim da era militante de Gal, mas, no mesmo período, uma outra figura despontava entre as vozes politizadas da música nacional: Elis Regina.

Erroneamente considerada voz simpática à ditadura, Elis revela o seu lado politizado com álbuns e shows como Falso brilhante (1975), Transversal do tempo (1977) e Saudade do Brasil (1980), todos analisados pelo autor do livro. Antes disso, a intérprete havia tido sua imagem ligada aos militares depois que foi obrigada a cantar o Hino Nacional Brasileiro em uma cerimônia oficial. Outros artistas também colaboraram na ocasião, mas nenhum deles teve tanta culpa recaída sobre os ombros quanto Elis Regina, como bem lembra Renato Contente.

A obra é resultado de um trabalho de mestrado do autor na Universidade Federal de Pernambuco, em disciplina que contextualizava a MPB no contexto da ditadura instaurada no Brasil.

Fonte: Correio Braziliense

Emilia Clarke, de Game of Thrones, se junta ao elenco da série

Emilia Clarke se juntou ao elenco da série de Invasão Secreta da Marvel. A informação foi revelada pelo The Wrap, mas ainda não se sabe qual

Atriz Eva Wilma é internada na UTI por problemas cardíacos e renais

Com 87 anos, a consagrada atriz deu entrada em um hospital em São Paulo ainda na última quinta-feira (15/4) A atriz Eva Wilma, 87 anos,

Globo quer transformar Juliette em apresentadora do É De Casa

Juliette já tem emprego garantido na Globo após BBB21 Faltam duas semanas para o fim do BBB21, e a Globo já começou a pensar no futuro de

Criticas: Xuxa diz a Taís Araújo querer ser negra na próxima vida

A declaração foi feita para o programa Superbonita, do GNT, em março, porém viralizou no Twitter na tarde deste domingo, 18. Na entrevista, a

Bridgerton é renovada pela Netflix para 3ª e 4ª temporadas

Sucesso na plataforma, segunda temporada ainda está em produção A série Bridgerton, da Netflix, foi renovada pela gigante do streaming

Ex-BBB Rodolffo recebe livros antirracistas de Fátima Bernardes

Cantor sertanejo diz estar arrependido pelo comentário a respeito do cabelo de João Luiz Após ter sido acusado de racismo no BBB 21 por

Netflix confirma estreia da quarta temporada de 'Elite' em junho

A quarta temporada da série espanhola tem data de estreia prevista para 18 de junho A Netflix divulgou, nesta segunda-feira (12/4), um vídeo

Morte de produtor da Record é tratada como execução

Crime aconteceu perto da casa da vítima, na Federação, quando ele ia trabalhar Uma execução. É o que diz a Secretaria de Segurança

Após passar por novo procedimento, Paulo Gustavo segue estável

Ainda em terapia intensiva devido a consequências da Covid-19, o ator Paulo Gustavo apresentou estabilidade após a realização de procedimentos

Fábio Assunção vence processo e receberá R$ 20 mil do iFood

A indenização foi determinada sob base em danos morais O I Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro decidiu que o ator Fábio Assunção

Nossos Apoiadores: