Diretor exige US$ 68 milhões de indenização, alegando que a empresa não honrou contratos relativos a seus filmes. Imbróglio é fruto de acusações de abuso sexual envolvendo o cineasta

Woody Allen entrou com processo no valor de US$ 68 milhões contra a Amazon por quebra de contrato. O cineasta acusa a gigante do streaming de cancelar o acordo relativo a seus filmes por causa da alegação “sem fundamento”, de décadas atrás, de que ele abusou sexualmente da filha Dylan.
Por meio de seus advogados, o diretor argumenta que a Amazon tentou encerrar o negócio em junho. Desde então, recusou-se a pagar US$ 9 milhões para o financiamento de seu próximo filme, A rainy day In New York.

O longa é apenas uma das produções a serem viabilizadas pelo acordo acertado depois de Allen fazer o programa Crisis in six scenes para a Amazon, que, na época da negociação, surgia como promissora provedora de conteúdo.

O diretor exige, além dos US$ 9 milhões, garantias mínimas devidas a ele para outros longas. Isso totaliza cerca de US$ 68 milhões, segundo a queixa apresentada a um tribunal federal em Nova York, revelada pela agência de notícias AFP.

A defesa do cineasta alega que a Amazon considerou o acordo “impraticável” por causa de “eventos supervenientes, incluindo alegações renovadas contra Allen e seus próprios comentários controversos”.

De acordo com o documento, a Amazon citou que atores se recusam a trabalhar com Allen. Ex-parceiros do diretor, Colin Firth, Michael Caine e Greta Gerwig declararam que não voltariam a atuar em filmes dele.

TRAIÇÃO

Em 1992, Woody Allen foi acusado pela ex-mulher, a atriz Mia Farrow, de abusar da filha deles, Dylan. Meses antes, ele havia assumido o caso amoroso com Soon-Yi Previn, a jovem enteada de Mia. Em 1993, Woody foi absolvido.

Em 2014, em carta enviada ao The New York Times, Dylan afirmou que o pai de abusara dela. Ronan Farrow, filho do casal e jornalista da revista New Yorker, confirmou o depoimento da irmã. Em 2017, Ronan publicou os artigos sobre assédio sexual envolvendo Harvey Weinstein, chefão de Hollywood, fonte de inspiração para o movimento Me too.

Porém, Moses Farrow, primogênito de Mia e Allen, defendeu o cineasta, acusando a mãe pelo imbróglio por não suportar a traição do cineasta. Casados desde 1997, Allen e Soon-Yi têm dois filhos adotivos.

Fonte: Estadão Conteúdo


Vem aí o 3º Arraiá da Lajedão FM nos dias 07, 08 e 09 de junho

Lajedão: Já está definido a data do 3° Arraiá da Lajedão FM. Nos dias 07, 08 e 09 de junho, Lajedão vai ser o palco do maior e mais

Dançarina da banda La Fúria é atacada com golpes de faca

A dançarina da banda La Fúria, Elizabeth Gonçalves, conhecida como "Negra Japa", foi atacada com golpes de faca no bairro de Itapuã, em

Teixeira de Freitas é referência na prática de mandiocultura

Teixeira de Freitas: Aconteceu na manhã desta sexta-feira (12), no auditório da CEPLAC de Teixeira de Freitas a primeira reunião de 2019 do

Fortes Chuvas: Tigrão Produções informa adiamento do Show de Jorge

Teixeira de Freitas: A empresa AudioMix que administra a carreira da dupla sertaneja "Jorge e Mateus", informou através das redes sociais, o

Paula vence o 'Big Brother Brasil 19' com 61,09% dos votos

Polêmica, sincera e com uma legião de fãs, Paula von Sperling confirma o favoritismo que foi conquistado ao longo do “Big Brother Brasil 19”

Dia 04 de Maio: Participe da 1ª Cavalgada do Sindicato Rural de

Lajedão: No dia 04 de maio, o Sindicato Rural de Lajedão, através do seu presidente Emetério Filho, realizará a 1ª Cavalgada do Sindicato

Projeto Brincadeira de Rua leva alegria às crianças de comunidades

Caravelas: Uma caravana enfrentou o desafio de percorrer quase 100km de estrada (entre asfalto e chão de terra) até a Comunidade da Boca do Rio.

07 de Abril: Edvaldo Alves homenageia os colegas de profissão pelo

Teixeira de Freitas: Neste dia 07 de abril, é comemorado no Brasil, o Dia do Jornalista. Esse dia foi instituído em 07 de abril de 1931, por

Jornalismo versus Fake News

Neste domingo, 07 de abril, o Dia do Jornalista homenageia o profissional que leva a informação a todos os tipos de público. A cobertura dos

WhatsApp cria nova regra de privacidade para entrada em grupos

O WhatsApp anunciou novas regras de privacidade para que o usuário possa ser adicionado em grupos, novos ou já existentes. As mudanças

UAI Brasil
Nossos Apoiadores: