Eficiência foi o diferencial no triunfo tranquilo sobre o Vasco

Depois de muito tempo o Bahia pôde viver um dia de tranquilidade no Campeonato Brasileiro. O triunfo sobre o Vasco, por 3x0, quarta-feira, em Pituaçu, foi o primeiro em que o time não sofreu sustos. E um dos motivos para isso está na eficiência do ataque.

O Esquadrão precisou de apenas um tempo para construir o placar diante dos cariocas graças à pontaria dos homens de frente. Rossi, Gilberto e Clayson aproveitaram as chances que tiveram e visitaram as redes de Fernando Miguel. Ao todo, o Esquadrão finalizou seis vezes na direção do gol vascaíno durante a partida e marcou três gols, um aproveitamento de 50%.

A estatística poderia ser ainda maior se o zagueiro Juninho tivesse aproveitado o passe açucarado que recebeu de Rossi também no primeiro tempo, mas mandou para fora e perdeu chance incrível.

O grande volume de oportunidades ofensivas criadas pelo Bahia não é uma novidade. De acordo com o site de estatísticas SofaScore, o time baiano é o sexto que mais finaliza no Brasileirão. Em 14 jogos, os atletas do tricolor mandaram 183 chutes na direção do gol, uma média de 13,07 por jogo. E 13 foi exatamente o número total de finalizações contra o Vasco. Ou seja, a diferença foi a eficiência. Atlético-MG (218), São Paulo (208) e Grêmio (189) aparecem no top-3 das equipes mais finalizadoras.

Até o duelo contra o Vasco o Esquadrão era o terceiro time que mais criava chances claras de gol entre os 20 times da Série A, com uma média de duas oportunidades por jogo. O tricolor era superado apenas por Atlético-MG (2,92 por jogo) e Flamengo (3,08), líder e vice-líder do torneio, respectivamente.

O que estava faltando mesmo era capricho na hora de decidir. Para ter uma ideia, Gilberto é até aqui o jogador com mais finalizações na Série A. Ao lado de Marinho, do Santos, o camisa 9 chutou 30 vezes na direção do gol. A diferença entre os dois está no aproveitamento. Enquanto Gilberto teve eficiência em apenas 6,67% das oportunidades e marcou dois gols na competição, Marinho tem aproveitamento de 26,67% e é vice-artilheiro do Brasileirão com oito.

O gol marcado por Gilberto sobre Vasco, por sinal, valeu ao atacante uma marca importante. Ele chegou a 24 com a camisa do Bahia na Série A do Brasileirão - contada a partir de 1971 - e se desgarrou de Marcelo Ramos na fila da artilharia geral da equipe no torneio. O atual camisa 9 está agora na quarta colocação, a um golzinho de Bobô, que tem 25. Douglas lidera a lista com 37 tentos, enquanto Nonato, com 32, aparece na segunda colocação.

Outro destaque na partida contra o Vasco, o atacante Clayson foi decisivo com um gol e uma assistência e se juntou a Juninho Capixaba como jogadores com mais chances claras criadas pelo tricolor: três cada. Para ele, a eficiência diante dos cariocas era o que estava faltando para o Esquadrão enfim engrenar na temporada.

“É um conjunto. O time vinha em uma crescente boa, a gente vem conseguindo pressionar o adversário, mas tinha ali o detalhe e o resultado estava escapando, mas as chances estavam sendo criadas. Quando o time vai bem, o jogador está com confiança, as coisas acontecem naturalmente. A gente tem um pouco mais de liberdade para fazer coisas que são mais difíceis”, comentou o atacante. “É um pouco de tudo, a confiança da comissão, a crescente da equipe, o suporte dos companheiros atrás, sabendo que você pode tentar algo diferente que eles vão estar ali para recuperar. Isso faz a diferença e a gente ali na frente pode arriscar um pouco mais. Graças a Deus a gente pôde marcar os gols nas chances criadas porque contra o Sport criamos bastante também”, analisou.

Defesa não levou gol

Se o ataque do Bahia teve motivos para comemorar, a defesa talvez mais ainda. Pela segunda vez em 14 rodadas, o Esquadrão conseguiu terminar uma partida sem sofrer gol - a outra havia sido na estreia, 1x0 no Coritiba.

A marca chega como alento para o time que levou 22 gols e é o mais vazado da competição - empatado com o Goiás, que fez três jogos a menos e, na média, está ainda pior.

“O setor defensivo não pode perder confiança de atuação. À medida que os gols sucedem, perde algo de confiança que é importante para atuar bem. O Bahia tem o 5º ou 6º melhor ataque e, se está na colocação em que está, é porque, defensivamente, não estamos bem. Temos que resolver”, disse Mano Menezes.

O próximo desafio do Bahia é no domingo, quando visita o Fluminense, às 16h, no Maracanã.

Fonte: Correio Braziliense

Leonardo Santos vence 200 medley na Hungria

Ao todo 22 brasileiros disputam a Liga Internacional de Natação O nadador Leonardo Santos foi o destaque brasileiro nesta segunda-feira (26) na

Eliminatórias: Conmebol confirma datas e horários das próximas

Seleção encara Venezuela no dia 13, e em 17 de novembro o Uruguai A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou nesta

Brasil estreia com medalha no Grand Slam de Judô de Budapeste

Willian Lima faturou bronze após vencer Battogtokh, da Mongólia No primeiro dia de disputas no Grand Slam de Judô de Budapeste (Hungria), o

Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em

Vinicius Junior, Arthur e Éder Militão voltam a compor o elenco O técnico da seleção brasileira Tite divulgou nesta sexta-feira (23) a

Clássico sem público reflete crise atual de Barcelona e Real Madrid

El Classico acontece no próximo sábado às 11h (horário de Brasília) Na Espanha, a expressão El Clasico (O Clássico) costuma ser sinônimo

Seleção brasileira permanece em terceiro no ranking da Fifa

Bélgica continua na liderança, com França em segundo A Fifa divulgou nesta quinta-feira (22) mais uma edição de seu ranking de

Bayern goleia Atlético de Madri e amplia série invicta

Liverpool estreia na Liga dos Campeões vencendo Ajax por 1 a 0 O Bayern de Munique, atual campeão europeu, goleou nesta quarta-feira (21) o

Libertadores: Fla encara Júnior Barranquilla para se manter líder

Rádio Nacional transmite duelo ao vivo, direto do Maracanã Já classificado às oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo encara o

Série B: Felipão estreia com vitória no Cruzeiro

Arthur Caíke garante importante triunfo para a Raposa O técnico Luiz Felipe Scolari estreou com o pé direito no Cruzeiro, pois a equipe mineira

Libertadores: com gol nos acréscimos, Santos vence Defensa y

Peixe encerra primeira fase invicto Com um gol de Marcos Leonardo nos acréscimos do segundo tempo, o Santos derrotou o Defensa y Justicia

Nossos Apoiadores: