Raposa segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição

A má fase do Cruzeiro parece não ter fim. Com direito a pênalti perdido por Thiago Neves e confusão nas arquibancadas, o time mineiro perdeu para o CSA, por 1 a 0, no Mineirão, pela 35 ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira (28).

O sexto jogo sem vitória manteve o Cruzeiro na zona de rebaixamento, em 17.º lugar, com 36 pontos, um a menos do que o Ceará. Já o CSA voltou a ganhar depois de cinco derrotas seguidas e vem logo atrás, na 18.ª colocação, com 32, ainda mantendo vivo o sonho de escapar da Série B.

Como era de se esperar, o Cruzeiro começou a partida em cima do CSA buscando logo o primeiro gol. Aos 11 minutos, Fred fez boa jogada na linha de fundo e, mesmo sem ângulo, arriscou rasteiro. A bola foi em cima de Jordi. Na sequência, Thiago Neves bateu fraco de fora da área e facilitou a vida do goleiro adversário.

Aos 29, Fred ajeitou de cabeça e Pedro Rocha bateu de primeira. A bola desviou na zaga e saiu por cima do travessão. Na sequência, Jordi recebeu o cartão amarelo pela demora na reposição da bola. A melhor oportunidade do jogo veio aos 36. Pedro Rocha tabelou com Fred e saiu na cara de Jordi. A bola passou raspando a trave.

O pesadelo cruzeirense aumentou aos 42 minutos. Rafinha cobrou escanteio e Ricardo Bueno cabeceou para grande defesa de Fábio. O rebote, porém, caiu nos pés do zagueiro Alan Costa, que só completou para as redes.

O nervosismo bateu de vez nos jogadores cruzeirenses e também nos torcedores, que não economizaram nas vaias. Nos acréscimos, Ricardo Bueno arriscou de fora da área e mandou nas mãos de Fábio.

Na volta do intervalo, Abel Braga tirou Éderson e Fred para colocar Robinho e Joel, respectivamente. Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Ezequiel desviou e Jordi espalmou para escanteio. O Cruzeiro abusava das bolas alçadas na área do CSA.

Aos 11, Thiago Neves cobrou falta e o goleiro alagoano fez grande defesa, espalmando para escanteio. Cinco minutos depois, Pedro Rocha caiu dentro da área após dividida com Alan Costa. O árbitro mandou o lance seguir, mas voltou atrás depois de consultar o VAR.

Thiago Neves deslocou Jordi, só que mandou para fora, aumentando ainda mais o desespero cruzeirense. A partida ficou aberta. Aos 23, Robinho arriscou de fora da área e o goleiro espalmou.

O camisa 10 subiu depois de perder o pênalti e a cada toque na bola era vaiado pelos torcedores. Após cruzamento rasteiro, Sassá bateu de virada e Jordi fez outra boa defesa. Aos 31, Robinho cobrou falta, a bola desviou no meio do caminho e parou mais uma vez no camisa 1 alagoano.

O nervosismo tomou conta de todo Mineirão. Nas arquibancadas, torcedores entraram em conflito com policiais. A partida ficou paralisada por alguns minutos devido aos sinalizadores acendidos Apesar de ter a posse da bola, o Cruzeiro não conseguia passar pela marcação do CSA, que se defendia com quase todos os jogadores dentro da área. Aos 43, Egídio cruzou e Sassá cabeceou para grande defesa de Jordi.

Nos acréscimos, o time mineiro levantou pelo menos cinco bolas para a área do CSA, mas não conseguiu sequer o gol de empate. Os zagueiros alagoanos ganharam todos os lances. Os jogadores mineiros desceram para os vestiários debaixo de uma chuva de objetos, que sobraram para os seguranças e policiais.

O Cruzeiro volta a campo só na próxima segunda-feira (2), contra o Vasco, às 20 horas, em São Januário, no Rio. No domingo (1º), o CSA recebe o Bahia, às 18 horas, no Rei Pelé, em Maceió. Os jogos são válidos pela 36.ª rodada.

CRUZEIRO 0 X 1 CSA

CRUZEIRO - Fábio; Orejuela, Cacá, Léo e Egídio; Henrique, Éderson (Robinho), Ezequiel (Sassá), Thiago Neves e Pedro Rocha; Fred (Joel). Técnico: Abel Braga.

CSA - Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha (Jean Cléber); João Vítor, Nilton, Jonatan Gomez e Euller (Warley); Apodi (Bruno Alves) e Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks.

GOL - Alan Costa, aos 42 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

CARTÕES AMARELOS - João Vitor, Jonatan Gomez, Jordi e Euller (CSA).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Fonte: Correio24h

Luta de exibição de Mike Tyson é adiada para 28 de novembro

A volta aos ringues do lendário pugilista americano Mike Tyson, de 54 anos, contra Roy Jones Jr. foi adiado de 12 de setembro para 28 de novembro,

Corinthians informa que Gil e Léo Natel estão com covid

Timão estreia no Campeonato Brasileiro nesta quarta, no Mineirão O Corinthians informou que o zagueiro Gil e o atacante Léo Natel foram

Mercedes é a mais rápida em treinos para GP dos 70 anos da F1

Em Silverstone, equipe alemã faz dobradinha Nesta sexta-feira (7), na segunda sessão de treinos livres para o GP que marca os 70 anos da

Domènec Torrent é regularizado para o Flamengo no Brasileirão

O nome do treinador espanhol Domènec Torrent apareceu no Boletim Informativo Diário (Bid) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta

Conmebol aprova protocolo de saúde para Libertadores e Sul-Americana

As competições continentais na América do Sul já estão agendadas para voltar, mas diante da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a

Atletismo: atletas retomam atividades de olho em Tóquio

Desde a última segunda-feira, 3, o NAR (Núcleo de Alto Rendimento Esportivo), localizado na zona sul de São Paulo, está reaberto para a

Sem público Liga dos Campeões volta modificada

A Liga dos Campeões retorna neste fim de semana após cinco meses de interrupção devido à pandemia de coronavírus, que teve como efeito uma

Bahia esbarra na defesa do Atlético-BA e placar não sai do zero

A final do Campeonato Baiano teve tudo para ter seu vencedor encaminhado na noite desta quarta-feira, 5, no estádio Pituaçu. No entanto, mesmo com

Natação: dupla brasileira atravessa o Canal da Mancha

Atletas completaram trajeto entre Inglaterra e França em 11 horas Na última quinta-feira (30), a dupla brasileira formada por Mariana Chevalier

Conmebol vai ajudar em voos para times da Libertadores e da Sul-

A Conmebol dará assistência financeira a todas as equipes que disputarão a Copa Libertadores e a Sul-Americana neste semestre, ambas suspensas

Nossos Apoiadores: