Estão previstos R$ 10,1 milhões para o programa

Os ministérios da Justiça e Segurança Pública e da Educação lançaram hoje (8), em Brasília, o Programa Nacional de Cooperação Acadêmica em Segurança Pública e Ciências Forenses (Procad).

Com investimento de R$ 10,1 milhões, a iniciativa deve beneficiar pesquisadores que desenvolvam estudos de mestrado, doutorado e pós-doutorado com vista à melhoria das ações em segurança pública.

Do montante total previsto, R$ 6 milhões virão do caixa da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), ao longo de quatro anos; R$ 2,1 milhões da Polícia Federal (PF) e R$ 2 milhões da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A previsão é que o edital de seleção de projetos seja publicado nos próximos dias. A partir daí, interessados vinculados a uma das 400 instituições de ensino públicas, privadas e comunitárias que mantêm cursos de pós-graduação supervisionados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) poderão se candidatar a uma bolsa. Os valores das bolsas variam conforme o nível acadêmico, sendo de R$ 1.500 para alunos de mestrado; R$ 2.200 para doutorado e R$ 4.100 para pós-doutorado.

"Esse programa está inserido na mudança do modelo de avaliação que a Capes vem empreendendo, buscando maior impacto social [com o financiamento] a temas que beneficiem diretamente a sociedade e possibilitem maior interação das universidades com o setor produtivo", disse o presidente da Capes, Anderson Correia.

Parcerias

Durante a cerimônia de lançamento do programa, realizada esta manhã, no Ministério da Educação, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, classificou a iniciativa como uma oportuna e relevante parceria. Moro também destacou que, além dos recursos provenientes da Senasp, órgãos vinculados ao ministério, como a Polícia Federal, disponibilizarão seus laboratórios e profissionais para a realização das pesquisas contempladas pela iniciativa.

"Este projeto vem em boa hora. Investimentos em segurança pública são demandados; construções no âmbito da segurança são necessárias, e é sempre importante  contar com conhecimentos científicos a respeito destes temas", comentou Moro, destacando a possibilidade de financiamento a estudos no campo jurídico.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, defendeu a importância da ação. "Acho que esta é uma área de total interesse da sociedade. A segurança pública está entre as prioridades do povo brasileiro, das famílias", disse Weintraub, explicando que o total de bolsas dependerá da proporção de estudantes de cada nível qualificados. "De qualquer forma, será um número expressivo de pesquisadores dedicados ao tema, com os laboratórios e a expertise do Ministério da Justiça [à disposição]."

Temas

A seleção dos temas das pesquisas e dos pesquisadores será feita por consultores da Capes. A autarquia fará, em conjunto com a PF, a avaliação dos resultados dos estudos. Cada projeto poderá permanecer em pesquisa por até cinco anos. Além disso, as teses produzidas serão disponibilizadas no Portal de Periódicos, que a Capes mantém na internet.

Fonte: Agência Brasil

Coronavírus: pesquisadores estudam nova forma de testagem rápida

Estudo que envolve brasileiros visa adaptar caneta que detecta câncer Um estudo visa adaptar uma caneta que detecta câncer para identificar

EAD: saiba quais cursos não podem ser feitos a distância

Embora modalidade cresça no Brasil, alguns cursos ainda não são ofertados em EAD A Educação a distância (EAD) tem se destacado por ofertar

Saiba como conciliar teoria e prática nos estudos em casa

Estudar em casa na modalidade a distância requer muita disciplina, já que a flexibilidade nos horários de estudo pode fazer com que o estudante

Pais acreditam que qualidade do ensino caiu na pandemia

Levantamento do DataSenado ouviu 2,4 mil brasileiros no fim de julho Pesquisa do Instituto DataSenado divulgada nesta quarta-feira (12) aponta

Creche Isael de Freitas Correia é entregue pela PMTF no Bairro João

Teixeira de Freitas: Foi entregue nesta quarta-feira (12), o Centro Municipal de Educação Infantil Isael de Freitas Correia (CMEI). A Creche

Extinção da meia-entrada nos cinemas pode prejudicar estudantes

A medida apoiada diretamente pelo Ministério da Economia põe em risco o acesso de estudantes à cultura, segundo o presidente da União Nacional

Instituto Legado seleciona mulheres negras para bolsas em curso MBA

Edital está aberto; as vagas são para formação EAD Em parceria com a Universidade Positivo, o Instituto Legado selecionará três mulheres

Usuários do Fies podem pedir suspensão das parcelas 

Solicitação já pode ser feita por quem estava com os pagamentos em dia. Alunos com atraso devem aguardar. Autor do PL esclarece as principais

Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia

Senai registrou mais de 1 milhão de matrículas em plataforma online A procura por cursos de educação a distância tem aumentado durante a

Escolas municipais do país podem perder até R$ 31bi do orçamento

A estimativa é do movimento Todos pela Educação e do Instituto Unibanco em razão da previsão de uma arrecadação de impostos menor por causa da

Nossos Apoiadores: