As 18 produções estudantis finalistas da etapa estadual do V Concurso de Vídeo Educativo estarão disponibilizados no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), a partir desta quarta-feira (13) até o dia 19/11, para votação popular.

Promovido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), o concurso é direcionado aos alunos da rede estadual que, nesta edição, trabalharam em torno do tema “O protagonismo estudantil promovendo a saúde na escola”. A votação, que deve ser estimulada entre familiares, amigos e sociedade em geral, irá premiar seis vídeos de curta metragem.

A novidade, este ano, da criação da etapa popular foi ressaltada pelo coordenador de Educação Ambiental e Saúde da SEC, Fábio Barbosa. “Teremos três vídeos de cada subtema, selecionados pela comissão estadual. Toda a sociedade terá a oportunidade de conhecer estes trabalhos realizados nas unidades escolares da nossa rede e, também, teremos aí um processo de exercício democrático por meio do qual será escolhido um dos três vídeos que concorrem em cada subtema e os mais votados serão premiados em dezembro. No link votacaopopular.educacao.ba.gov.br, qualquer pessoa poderá exercer o seu direito do voto, sendo que terá direito a até seis votos, sendo que um de cada subtema”, detalhou o gestor.

Os estudantes trabalharam em torno de seis subtemas: Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e Aids; Controle do mosquito Aedes aegypti e prevenção às arboviroses (dengue, chikungunya e zika, entre outros); Prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas; Promoção da alimentação saudável; Promoção da saúde ambiental e sustentabilidade socioambiental; e Promoção da cultura de paz: respeito à vida e combate ao bullying na escola.

Sobre o concurso – O Concurso de Vídeo Educativo visa estimular produção e o uso de vídeos como recursos do ensino e da aprendizagem, bem como a realização de pesquisas, considerando a realidade do Território de Identidade no qual o estudante está inserido.

O projeto está relacionado, ainda, ao Novo Ensino Médio e tem como objetivo incentivar a elaboração de roteiros; a capacidade de verbalização do estudante, a atividade cultural por meio da encenação teatral, entre outras proposições efetivas de enfrentamento das vulnerabilidades à saúde dos estudantes e fomentar ações de promoção à saúde e prevenção de doenças e situações de agravos.

As filmagens puderam ser feitas com aparelhos celulares, tablets, máquinas fotográficas digitais ou filmadoras e gravadas em mídia de CD ou DVD. Os vídeos têm caráter educativo, com duração de até três minutos. Os trabalhos inscritos passaram por uma seleção na escola e, depois, pelas etapas territorial e estadual.

Cada unidade escolar enviou até seis vídeos, sendo um de cada subtema, conforme o edital. Como premiação serão entregues notebook para os alunos e professores e, para as escolas, placa de menção honrosa em reconhecimento pelo trabalho pedagógico realizado junto aos alunos.

Por: Liberdadenews/Ascom


Sisu 2020: inscrições serão liberadas em janeiro; confira

Período vai de 21 a 24 de janeiro de 2020 Entre os dias 21 a 24 de janeiro de 2020, candidatos podem cadastras as suas opções de cursos no

Mostra Cultural da Casa da Cultura começa nesta sexta (06)

Casa da Cultura prepara Mostra Cultural para esta sexta (06) e sábado (07) Dedicada inteiramente a Cultura, as mostras Culturais funcionam como

O que é avaliado no Pisa, exame que o Brasil não está avançando

Exame internacional tenta avaliar, em 79 países e economias, capacidade de estudantes de 15 anos em analisar textos e aplicar conceitos matemáticos

Nota baixa: Brasil fica abaixo da média em avaliação do Pisa

Estudantes foram avaliados nas disciplinas de literatura, matemática e ciências As pontuações médias obtidas por estudantes brasileiros

Jubileu de Prata Dourada do Colégio Henrique Brito: 42 anos de

Teixeira de Freitas: “Deve haver um lugar dentro do seu coração / Onde a paz brilhe mais que uma lembrança / Sem a luz que ela traz já nem se

"Culpa é do PT", diz ministro da Educação sobre desempenho no Pisa

Abraham Weintraub reforçou que o exame foi feito em 2018. Brasil ficou em último lugar na classificação em matemática O ministro da

Governo deve publicar nova Política de Educação Especial

Assunto divide especialistas O governo se prepara para publicar um decreto alterando a Política Nacional de Educação Especial. A informação

Decreto que institui Programa ‘Ciência na Escola’ é publicado

O Programa Ciência na Escola que, entre outras medidas, objetiva aprimorar o estudo de ciências nas escolas de educação básica, estimular o

2% dos alunos brasileiros têm nota máxima em avaliação

Pisa 2018 foi aplicado em 79 países a 600 mil estudantes de 15 anos O Brasil teve uma leve melhora nas pontuações de leitura, matemática e

SEC BA orienta sobre devolução de livros didáticos

Com a aproximação do final do ano letivo da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado orienta as unidades escolares sobre a

Nossos Apoiadores: