Entenda o método de correção do exame

Depois das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, a expectativa dos estudantes é pelo gabarito, que será divulgado amanhã, 13 de novembro. Quem leva o caderno de questões para casa tem a oportunidade de conferir o número de exercícios que conseguiu acertar, na tentativa de calcular a nota. Contudo, apenas com a conferência do gabarito não é possível saber, com exatidão, a nota obtida nas provas.

O método de correção do Enem tem como base o TRI, a chamada Teoria de Resposta ao Item, que leva em conta o grau de dificuldade das questões durante a correção. Essa teoria analisa a coerência das respostas marcadas, atribuindo peso diferenciado para as respostas aleatórias e para os acertos garantidos por conhecimento. Por isso, não é possível saber a nota exata quando sai o gabarito, mas, dá para se ter uma ideia de como foi o desempenho geral na prova.

Os gabaritos poderão ser conferidos pelo site do Enem; portal do Inep e aplicativo do Enem disponível nas lojas virtuais de celular. Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível também conseguir financiamento estudantil e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade Para Todos (ProUni). Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil pode ainda usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo Enem Portugal.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil


Sisu 2020: inscrições serão liberadas em janeiro; confira

Período vai de 21 a 24 de janeiro de 2020 Entre os dias 21 a 24 de janeiro de 2020, candidatos podem cadastras as suas opções de cursos no

Mostra Cultural da Casa da Cultura começa nesta sexta (06)

Casa da Cultura prepara Mostra Cultural para esta sexta (06) e sábado (07) Dedicada inteiramente a Cultura, as mostras Culturais funcionam como

O que é avaliado no Pisa, exame que o Brasil não está avançando

Exame internacional tenta avaliar, em 79 países e economias, capacidade de estudantes de 15 anos em analisar textos e aplicar conceitos matemáticos

Nota baixa: Brasil fica abaixo da média em avaliação do Pisa

Estudantes foram avaliados nas disciplinas de literatura, matemática e ciências As pontuações médias obtidas por estudantes brasileiros

Jubileu de Prata Dourada do Colégio Henrique Brito: 42 anos de

Teixeira de Freitas: “Deve haver um lugar dentro do seu coração / Onde a paz brilhe mais que uma lembrança / Sem a luz que ela traz já nem se

"Culpa é do PT", diz ministro da Educação sobre desempenho no Pisa

Abraham Weintraub reforçou que o exame foi feito em 2018. Brasil ficou em último lugar na classificação em matemática O ministro da

Governo deve publicar nova Política de Educação Especial

Assunto divide especialistas O governo se prepara para publicar um decreto alterando a Política Nacional de Educação Especial. A informação

Decreto que institui Programa ‘Ciência na Escola’ é publicado

O Programa Ciência na Escola que, entre outras medidas, objetiva aprimorar o estudo de ciências nas escolas de educação básica, estimular o

2% dos alunos brasileiros têm nota máxima em avaliação

Pisa 2018 foi aplicado em 79 países a 600 mil estudantes de 15 anos O Brasil teve uma leve melhora nas pontuações de leitura, matemática e

SEC BA orienta sobre devolução de livros didáticos

Com a aproximação do final do ano letivo da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado orienta as unidades escolares sobre a

Nossos Apoiadores: